Sexo no chuveiro do vestiário

Ben Esra telefonda seni bosaltmami ister misin?
Telefon Numaram: 00237 8000 92 32

Sexo no chuveiro do vestiárioOlá! Já fazia um bom tempo que eu praticava natação num clube perto de casa. Costumava fazer isso no fim da tarde, mas tive que passar a nadar mais cedo por motivos de trabalho. Por um lado foi até melhor, pois nesse novo horário era bem maior o número de mulheres. Eu até tinha mais disposição nos treinamentos só de ficar olhando aquelas gostosinhas vestidas em maiôs sensuais.Era uma manhã de sexta-feira quando cheguei para mais uma aula. Fui ao vestiário me trocar e depois sai correndo para piscina usando uma sunga preta e uma camisa cavada vermelha. Aquele dia eu estava me sentindo muito disposto! Foi quando eu vi um lindo corpinho usando um maiô rosa ocupando a raia da piscina que eu utilizava de costume. Se o dia já estava quente devido ao sol escaldante, ficou mais ainda com aquela visão afrodisíaca. E aquilo me deu mais vontade ainda de nadar…Ela era uma morena espetacular, de seios redondinhos, que, com certeza, eram silicone! Eu tinha que arrumar um jeito de puxar uma conversa com aquela morenaça. Então me aproximei devagar, tirei a camisa e dei uma travada no abdômen para chamar a atenção da gata. Meus anos de malhação e prática de esportes enfim trariam algo em troca. Eu reparei que a morena não tirava os olhos do meu tanquinho e senti que aquela era a hora de tentar uma aproximação. Caí na água, na raia ao lado da dela, e dando risadas comentei que ela tinha pegado minha raia preferida. No começo ela ficou meio tímida, pediu desculpas dizendo que era nova no clube, mas depois disse que se eu quisesse ela poderia dividir o espaço comigo e que adoraria se eu desse umas dicas para ela! E é lógico que eu aceitei! Logo me apresentei e ela me disse seu nome e idade: Bianca, 22 anos. Eu sentia que aquela gata já estava no papo!Estava tudo perfeito, já estávamos mais de uma hora nadando, o treino já estava no final e a piscina ficou vazia, então começaram a rolar umas brincadeirinhas, numa dessas aproveitei pra segurar a Bianca por trás, meio de lado bem juntinha do meu corpo. Senti aquela bundinha apertando contra meu pau e então abri bem minhas pernas e fui roçando muito gostoso. Ela percebeu o que eu estava hatay escort fazendo e se deixou levar pela brincadeira. Eu estava segurando forte bem em baixo dos seios dela, bem firme e, de vez em quando, deixava escapar minha mão e segurava com força aqueles peitões.Tudo se encaminhava para uma transa ali mesmo na piscina! Estávamos sozinhos e a pegação já estava rolando solta. Eu já estava beijando ela gostoso e pegando naquela bunda durinha. Comecei a colocar o maiô dela de lado, bem devagarinho e com muito tesão meti a mãozona na bucetinha e comecei a brincar com seu grelinho, ela gemia baixinho no meu ouvido. Quando fui surpreendido por Bianca: “Melhor a gente parar por aqui! Estamos indo muito depressa!”. Ela saiu da piscina, colocou o roupão e disse que ia ao vestiário tomar uma ducha gelada, me prometeu que iríamos continuar aquilo outro dia.Outro dia? Eu estava em ponto de bala, meu pênis explodindo dentro da sunga e ela me deixa naquela situação e simplesmente sai andando? Quem me garante que eu iria ver aquela morena outra vez? Afinal, em mais de dois anos de clube aquela era a primeira vez que eu via Bianca. E se ela sumisse? Eu não poderia perder aquela oportunidade, nem que eu tivesse que fazer uma loucura! Sai da piscina fazendo um esforço enorme para esconder o volume do pênis ereto dentro da sunga e caminhei rapidamente até o vestiário masculino para colocar meu agasalho. Já vestido fui até o vestiário feminino que ficava bem ao lado e sem pudor abri de leve a porta para procurar Bianca. Pude vê-la no chuveiro, ainda tirando o maiô rosa.Fiquei ali parado um tempo observando seu corpo, ficando muito impressionado com seus seios. Não eram artificiais iguais ao de muitas mulheres com silicone, eram firmes e redondos, em formato de pera e bem bicudos.Desinibida e muito à vontade no banho, ela simplesmente tirou todo o maiô e ficou peladinha! Meu tesão aumentou ao vê-la ensaboando a bucetinha lisa, completamente sem pelos! Meu cacete ficou tão duro que eu achei que iria explodir! Eu realmente tinha que comer aquela morena!Esperei mais um tempo espiando pela fresta da porta, aguardei uma japonesinha sair da parte dos chuveiros escort hatay e invadi o vestiário feminino agarrando Bianca pelas costas e já apalpando sua bunda. Então eu falei bem baixinho no ouvido dela: “Não aguento mais de vontade de sentir esse seu peitão dentro da minha boca. Quando a vi pela primeira vez na piscina, eu já tive vontade de meter o bocão nele, não sei como resisti!”.Ela fez uma cara de brava e tentou se desvencilhar dos meus braços, mas eu insisti… Eu mordia e beijava o pescoço dela e percebi que ela estava toda arrepiada! Eu queria ver até onde ela aguentava…Nessa hora eu não pensava em mais nada! E quando ela virou de frente pra mim, abocanhei um de seus peitões e apertei o outro. Ela não disse nada somente acariciou minha rola por sobre a calça e começou a me punhetar. Perdendo totalmente a inibição comecei a tirar minha roupa, mesmo achando que ela não deixaria. Mas para o meu espanto, ela até me ajudou! Não aguentei: “Bianca, você é um tesão e eu vou te comer todinha aqui mesmo!”.Aos poucos o rostinho zangado de Bianca foi dando espaço a uma expressão mais relaxada e de prazer. E os sussurros passaram a ser mais frequentes e ofegantes após meus dedos começarem a escorregar dentro daquela bucetinha. Sim, escorregar! Com certeza não foi o banho que deixou meus dedos molhados!Naquele momento me veio uma ideia diferente que depois ia querer a retribuição. Sussurrei no ouvido dela: “Você vai gozar bem gostoso com minha língua!”. Fui descendo e beijando seus seios, depois fui descendo mais e lambendo e beijando sua barriguinha. Sempre ouvindo os suspiros abafados dela. Quando cheguei onde desejava, terminei de abrir suas pernas e pude ver de perto aquela xaninha lisinha e molhada, um suculento convite para o sexo oral!Encostei minha boca na buceta dela e respirei bem devagar em cima. Abri com a mão os lábios e toquei de leve com a ponta da língua no seu grelo, fazendo com que ela se contraísse e desse um gemido mais alto. Pensei até em parar por medo de aquela japonesinha ouvir e voltar, mas continuei. Passei a lamber com ritmo seu clitóris, ora mais devagar, ora mais forte. Às vezes dando linguadas fortes e profundas hatay escort bayan levando ela a se contorcer e gemer mais ainda e falar coisas que eu não entendia. Depois de uns cinco minutos assim, ela segurou minha cabeça com força e começou a tremer e senti seu quadril se contrair todo, gozando bem gostoso na minha boca!Levantei novamente e comecei a beijar Bianca que alisava meu pau e falava putarias no meu ouvido. Doido pelas provocações, eu segurei o cacete com força dando para ela mamar. Bianca então caiu de boca engolindo ele inteiro. E como ela chupava gostoso! Lambia até a cabeça e empurrava até a garganta. Depois de mais uns cinco minutos estava na hora de finalmente comer aquela gostosinha! Encostei a cabeça da pica na bucetinha dela e fui empurrando bem devagar, ela se apoiou no meu pescoço e abriu bem as pernas. A cabeçona foi deslizando para dentro sem dificuldades. Conforme penetrava, eu sentia o calor do bucetão envolvendo minha pica.Iniciei o vaivém naquela buceta gulosa por sexo. Depois de muito enfiar o pau anunciei que iria gozar. Bianca então reclamou: “Não! Ainda não! Eu quero fuder de quatro!”. Tirei a rola e fiquei parado por um instante enquanto isso Bianca se ajeitava no chuveiro e virava aquele bundão gostoso pra mim. “Vem! Me pega com vontade!”. Com essa pedida eu não aguentei e enfiei o cacete com tudo na bucetinha enquanto dava palmadas fortes naquele rabo gostoso. Bianca rebolava entre gemidos cada vez mais altos. O nosso tesão era tão grande que até esquecemos que aquilo acontecia dentro do vestiário feminino do clube!Nesse instante escutamos a porta se abrindo! Era a japonesinha assustada com os barulhos, que ao ver nossa transa ficou ali parada, peladinha, observando tudo! Aquilo me deixou com mais tesão ainda e parece que Bianca também, que pedia para eu continuar. De tanto entrar e sair meu cacete começou a latejar dando sinal de que o gozo estava por vir. Urrei de prazer gozando fundo na sua xoxotinha. Enquanto gozava fundo dentro da safada, ela rebolava e vinha de encontro ao meu corpo só para sentir meu pau inteiro dentro do seu bucetão cheio de porra!Terminamos o banho e nos vestimos. Ela me deu um selinho antes de ir embora e disse que tinha adorado as dicas de natação que eu tinha dado a ela. A japonesinha continuava ali parada, peladinha e olhando tudo! Pode ser que mais pra frente ela também queira umas dicas…

Ben Esra telefonda seni bosaltmami ister misin?
Telefon Numaram: 00237 8000 92 32

Bir cevap yazın